Bem Vindo!

Conheça as causas - Mulheres

O Estresse emocional, o excesso de química, desequilíbrio hormonal e a poluição, acentuados pelo ritmo de vida e pelos hábitos modernos, são os fatores mais frequentes que determinam a perda de cabelos nas mulheres. 

 

Estresse emocional É comum observar em mulheres que altos níveis de estresse resultam na piora da saúde dos folículos. Isso determina o afinamento dos fios, a perda de volume e brilho e consequentemente na queda dos cabelos. Pessoas estressadas geralmente liberam o hormônio cortisol. Esse hormônio causa uma diminuição da circulação sanguínea na região do couro cabeludo, limitando o suprimento de nutrientes aos folículos.

Fatores externos O uso de produtos químicos relacionados a processos de coloração, alisamento e escovação debilita os folículos no médio prazo. A exposição aos raios solares e até mesmo à poluição do ar também determinam um estado de menor saúde do couro e cabelos que levam ao afinamento dos fios, e a posterior queda.

Desequilíbrios hormonais como os que ocorrem no período de amamentação, ou ocasionados pelo uso de medicamentos mais fortes, podem também levar a perda dos fios nas mulheres.

Embora menos comum, a queda de origem hereditária também ocorre entre as mulheres, afetando cerca de 19% delas. Enquanto os homens perdem cabelo enquanto jovens, nas mulheres a queda hereditária frequentemente ocorre após a menopausa.

Tipos de queda em mulheres:

  • Calvície androgenética. Atinge 19% das mulheres. Geralmente se manifesta depois da menopausa.
  • Queda de origem hormonal. Metabólica ou auto-imune manifesta-se em algum grau em cerca de 50% das mulheres de qualquer idade.
  • Alopécia Areata. Caracterizada pela queda dos fios em tufos, criando buracos arredondados no couro cabeludo. Atinge de 1 a 2% da população.